√ MUSICA MODERNA – ORIGEM





√ MUSICA MODERNA – ORIGEM

Os sistemas de notação musical existem há milhares de anos foram encontradas evidências arqueológicas de escrita musical praticada no Egito e Mesopotâmia por volta do terceiro milênio a.C.. Outros povos também desenvolveram sistemas de notação musical em épocas mais recentes os gregos utilizavam um sistema que consistia de símbolos e letras que representavam as notas, sobre o texto de uma canção Um dos exemplos mais antigos deste tipo é o epitáfio de Seikilos, encontrado em uma tumba na Turquia

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/b/ba/Seikilos.png

Os Gregos tinham pelo menos quatro sistemas derivados das letras do alfabeto a notação musical padrão é escrita sobre uma pauta de cinco linhas, por isso também é chamada de pentagrama. O conjunto da pauta e dos demais símbolos musicais, representando uma peça musical é chamado de partitura. Seguem-se alguns dos elementos que podemos encontrar numa partitura

Representação das durações

Tempo e compasso – regulam quantas unidades de tempo devem existir em cada compasso. Os compassos são delimitados na partitura por linhas verticais e determinam a estrutura rítmica da música. O compasso escolhido está diretamente associado ao estilo da música, uma valsa por exemplo tem o compasso 3/4 e um rock tipicamente usa o compasso 4/4. Em uma fórmula de compasso, o denominador indica em quantas partes uma semibreve deve ser dividida para obtermos uma unidade de tempo

(na notação atual a semibreve é a maior duração possível e por isso todas as durações são tomadas em referência a ela)

O numerador define quantas unidades de tempo o compasso contém no exemplo abaixo estamos perante um tempo de “quatro por quatro”, ou seja, a unidade de tempo tem duração de 1/4 da semibreve e o compasso tem 4 unidades de tempo neste caso, uma semibreve iria ocupar todo o compasso








Você pode gostar disso também


Artigos Relacionados:

Celso Nery

Celso Nery, estudou violão clássico durante 5 anos no Teatro Municipal de Santos com o Prof° e Maestro Antônio Manzione, da Camerata de Violões Heitor villa lobos. É músico na CCB e atualmente mantém o blog Hinário Cifrado, disponibilizando Cifras de Hinos e Cânticos Avulsos, para a cara irmandade tocar em seu violão e servir à Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons